GESTÃO REMOTA PARA NEGÓCIOS DE MODA
image
OLÁ,

Aqui é Neila Bahia

Sou formada em Jornalismo e apaixonada por comunicação mas, sobretudo, por gente. E foi o meu amor pelas pessoas que me fez trabalhar por alguns anos nas áreas de atendimento e rotinas administrativas, onde aprendi muito sobre excelência, organização, proatividade e empatia.

Acompanhando os novos formatos de trabalho, ofereço suporte operacional para empresas de pequeno e médio porte, através de serviços e processos remotos, o que possibilita que você tenha mais tempo para gerir seus negócios.


Fico feliz que tenha chegado até aqui e espero poder te ajudar a levar sua marca a outro nível como sua gestora remota!


Missão
Gestão Única

Ajudar as pessoas e empresas a tornarem reais o sonho de tererem seu próprio negócio de moda.


Propósito
Moda Justa

Contrirbuir para que a moda seja sinônimo de prosperidade e não de degradação.


Valores Inegociáveis
Inovação
Qualidade
Sustentabilidade

Mais Tempo pra Você

Contratação Simplificada

Redução de Custos

Foco nos Resultados

DEIXE O OPERACIONAL CONOSCO!

Administrativo

Controle e manutenção de documentos.

Atendimento

Contato com clientes e fornecedores.

Financeiro

Contas a Pagar e Receber.

Estoque

Controle e manutenção de itens.

Comunicação

Presença online.

Planejamento

Gestão de Atividades Pessoais e Corporativas.

BLOG

Saiba como aumentar a sua taxa de conversão!




Você já conseguiu atrair o máximo de pessoas para o seu site agora é hora de aumentar as taxas de conversão do seu e-commerce!

Eu sei que, muito provavelmente, você trabalha duro, possui um número considerável de visitantes, mas no fim das contas, não consegue aumentar as vendas e apenas assiste seus esforços indo pelo ralo acada semana. Isso porque investir fortemente para gerar de tráfego é irrelevante se você não segue algumas regras básicas do jogo do comércio online.

A boa notícia é que mesmo que o seu problema seja técnico, de design, atendimento - ou todas as opções! -, ele tem solução! Segue comigo e confere o checklist que preparei pra você resolver tudo de uma vez por todas, aumentando as taxas conversões e reduzindo as de rejeição e recuperando as oportunidades perdidas!


Atenção ao funcionamento do site ✔


Invista na aparência e funcionalidade do site, pois as primeiras impressões são importantes. Ninguém quer chegar e encontrar uma loja virtual mal feita. E com a infinidade de concorrentes em todos os setores e à disposição, seu futuro cliente não perderá tempo navegando em uma página que não funciona.

Para evitar uma primeira impressão ruim, comece investindo na aparência de sua marca como um todo - logotipo, esquema de cores, slogans e voz. Tenha cuidado com a região acima da dobra - topo do site - e busque mante o equilíbrio adequado dos recursos visuais. Sei que queremos chamar a atenção ao máximo, mas evite a todo custo ter uma página poluída.

Preste atenção também à velocidade do seu site. Uma página bonita, mas que leva dez ou mais segundos para carregar é inútil! Tempo é dinheiro e online isso é levado à última esfera, então como regra geral, tente manter o tempo de carregamento do site em três segundos ou menos para garantir que os visitantes não fiquem impacientes e saiam da sua aba.

É como disse o fundador da Just Add Content, Gabriel A. Mays, "a maior ameaça - ao site de uma empresa - não é um concorrente, é o botão de retorno".

Ao incorporar aplicativos ou exibições de terceiros em seu site, verifique se eles não o tornam lento. Será que é mesmo importante exibir as fotos do seu perfil do Instagram ou é melhor manter apenas um link que leve até lá?


Foco na capacidade de resposta móvel ✔


Com um smartphone na mão os dias de compras via computador estão sendo rapidamente substituídos pela rolagem móvel. Somente as vendas de celulares na Black Friday e na Cyber ​​Monday de 2016 chegaram a US $ 1 bilhão!

Três anos depois temos certeza que o celular chegou mesmo para ficar, então está na hora de você investir na experiência de compra através do m-commerce. Portanto, verifique se o site da sua empresa está funcionando no maior número possível de dispositivos e certifique-se de que layouts serão carregados corretamente em telas menores.


💥 Para guardar: adaptação à telas não é o mesmo que responsividade. 


Por exemplo, uma foto de tamanho e resolução de qualidade na página pode ser menos eficaz quando aberta na navegação móvel. Esteja ciente dos dispositivos em que os clientes estão operando para que a experiência permaneça simplificada.


De acordo com dados divulgados pelo Webshoppers, em janeiro de 2019 as vendas via dispositivos móveis representaram 42,8% de todos os pedidos do e-commerce do Brasil. Ou seja: enquanto o comércio eletrônico cresceu 12% em 2018, o m-commerce cresceu 41% no mesmo período.

De fato, o sucesso e a popularidade do comércio móvel não podem ser ignorados. Pode levar algum tempo, talvez até anos, até que o m-commerce atinja os mesmos níveis que o e-commerce, mas você não prefere entrar agora e estar pronto para a mudança em vez de precisar se atualizar mais tarde?

Inspire confiança através de provas sociais ✔


Bilhões de pessoas ficam online todos os meses e cada uma delas pode ser um cliente em potencial para você. Mas, por um momento, peço esqueça esses números gigantes. Em vez disso, pense no poder de um único cliente, porque é provável que cada cliente que você impressione incentive outro cliente a fazer uma compra no seu site.

Seus produtos falam por si, o Inbound Marketing é uma estratégia incrível, mas o boca a boca tende a ser a ferramenta mais poderosa de todas. Quando uma pessoa elogia um site ou um produto e a experiência de compra que teve, temos aí o que chamamos de prova social.

Então, a prova social é uma técnica para conversão através de persuasão. É algo que demonstra a opinião de pessoas reais sobre o consumo ou a utilização de determinados produtos ou serviços.

Hoje, as redes sociais deram às marcas a possibilidade de coletar depoimentos e exibir esse conteúdo gerado pelo usuário, fazendo com que outras pessoas se sintam animadas a adquiri-los também.

Cuidado com as fotos ✔

Se o comércio convencional tem a vantagem do toque, o e-commerce sai perdendo nesse quesito. Por isso, mostrar como um produto é de fato apenas com o recursos das imagens pode ser bastante desafiador. No entanto, existe uma solução fácil para fazer com que seu cliente posa ter uma ideia fiel de como ele realmente é: vendo como outras pessoas estão usando!

É comprovado que exibir fotos reais de alguém utilizando um produto aumenta em 2x as suas vendas. É por isso que as estratégias criadas em torno dos influenciadores sociais se tornaram tão comuns. Porém, é preciso ter em mente que influenciadores não são vendedores. Eles funcionam muito mais como uma prova social - estímulo - que desperta desejo do que faz a venda em si. Entenda como funciona o jogo e tire o máximo proveito dele!


Considere ter um canal de comunicação rápido ✔


Nem precisa dizer que a descrição do seu produto deve ser tão incrível a ponto de não deixar dúvidas na hora da comprar. Mas, que tal oferecer um plus e a fim de tronar a experiência do cliente ainda melhor?

Mesmo que você não tenha uma equipe saiba que é possível terceirizar esse atendimento! Um suporte em tempo real garante que os clientes recebam respostas para quaisquer dúvidas ou preocupações que possam ter.

WhatsApp, mensagens diretas no Twitter, Facebook e Instagram são ótimos canais para atender seu cliente. O Twitter, por exemplo, é a rede oficial para reivindicar ou sobre reclamar sobre qualquer coisa. Use isso a seu favor!


Frete grátis ✔

Por último, mas não menos importante, está a forma de envio. Um fator decisivo para compras online é, sem dúvida, o custo de entrega. Como empresa, você deve estar ciente dos preços que geram lucro, mas as opções de compra gratuitas e com desconto certamente podem aumentar os resultados.

Uma promoção como a da Amazon, por exemplo, que oferece frete grátis para compras que totalizam um certo valor ou mais, define o padrão para "o que um cliente deve gastar para economizar". Pense pela perspectiva dele: você prefere frete grátis, comprando mais e recebendo mais itens ou escolhe  pagar pelo frete e receber menos itens? Para os consumidores, a escolha é bem clara.

Agora que você tem um checklist de sucesso, mãos à obra! Crie um planejamento para colocá-lo em prática!

Por que investir no varejo de moda online?



A Moda tem um impacto significativo não apenas no desenvolvimento da cultura geral, mas está muito relacionada à nossa satisfação individual, já que é uma forma bastante eficaz para expressar nossa personalidade no mundo.

E comprar nunca foi uma tarefa tão fácil. Com o surgimento do e-commerce, ou lojas virtuais, como também são chamadas, as pessoas podem fazer uma compra com apenas alguns cliques, mesmo que a peça esteja em um estoque do outro lado do país.

Fazer compras online é uma experiência emocional.


Entre pesquisar um produto até a chegada dele em casa, há uma jornada única e especial. E esse é um dos fatos que faz com que tantas pessoas decidam pelo botão "comprar" em lugar de ir até uma loja física. E o que mostra o levantamento feito pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) é que a quantidade desses compradores cresça cerca de 16%, atingindo R$ 79,9 bilhões, até o fim de 2019.

Embora esses dados por si só já sejam bastante animadores, vou te apresentar 4 razões pelas quais investir no varejo de moda online é uma ótima ideia independente do nicho que você atue!



1. A moda é sempre um assunto presente na vida das pessoas.


Mesmo que a maioria das pessoas não se interessem pela notícias, desfiles de alta costura e tudo mais, todo mundo precisa se vestir, não é mesmo? Ou seja, a moda está em toda parte! E se uma roupa é feita visando o pudor, a proteção e o adorno, significa que você venderá um produto com forte apelo social e cultura. Com boas ideias e tendo em mente tudo que precisa ser feito o sucesso muito provavelmente será alcançado.



2. Esse um dos setores que mais vendem no e-commerce.


De acordo com dados da Social Miner, no Dia do Consumidor, conhecida com "a Black Friday do primeiro semestre", a data comercial, que cai no dia 15 de março, registrou o maior pico de vendas do setor de Moda e Acessórios no primeiro trimestre de 2019.

Indo em contramão à tendência para o varejo virtual, que tem suas vendas desaceleradas no início do ano, especialmente em Janeiro, o setor de Moda e Acessórios realizou 36,25% das suas vendas no primeiro mês de 2019. Já Março concentrou 33,22% das conversões!



3. É uma ótima opção para novos empreendedores.


Esse mercado realmente vende bem e está cheio de micro nichos! Então, mesmo que você não tenha tanta experiência em negócios de moda ou tenha um orçamento reduzido, com foco, determinação e especialização há muitas chances de seu e-commerce decolar, principalmente se você investe neste micro nicho.



4. E por falar em orçamento reduzido...


Mesmo que existam os gastos importantes como aluguel da plataforma, design, produção de conteúdo, publicidade e outros, os gastos de uma loja virtual tendem a ser muito menores do que os de uma loja física.



Talvez depois de ler esse post, você tenha algumas ideias para começar o seu e-Commerce de Moda, e se isso aconteceu eu fico muito feliz! Por isso quero te incentivar trazendo conteúdos valiosos pra te ajudar a entrar - ou se consolidar - nesse mercado incrível!

Portanto, continue acompanhando o blog do B. Office que teremos muitos temas voltados para um ótimo planejamento, estruturação e logística para fazer um negócio dar realmente certo. Tudo para você atrair, converter e encantar, pontos cruciais para manter qualquer empresa.

Se você quer ir além, em muito menos tempo e com pouco investimento, existe um caminho para isso: trabalho! Por isso, mão à obra, não adie seu sonho por mais nenhum dia!

QUERO UM ORÇAMENTO!

Contato
B.OFFICE_
+55 71 99195-0650
Salvador, Brasil